Combined ShapePage 1Page 1Page 1Page 1Page 1icon-01briicon-03briicon-02briicon-emailGroup 5Group 9icon-keyPage 1Page 1ArtboardPage 1Group 14Shape CopyPage 1Page 1Page 1Ativo 1cardiomedArtboardGroupGroup 9

Qual é a diferença entre TVs de Plasma, LCD e LED? Qual é a mais moderna?

LCD, LED e Plasma. Hoje em dia, antes de comprar uma TV, é preciso ficar ligado em uma série de siglas e especificações técnicas. No caso das três que mencionamos, elas dizem respeito ao tipo de painel utilizado na composição de uma TV e, obviamente, essas características influenciam no preço final e na qualidade da imagem.

Você sabe dizer quais são as diferenças entre cada uma delas? Neste artigo, vamos abordar em detalhes as principais características de cada uma delas e quais são as vantagens de cada um dos formatos para que você possa escolher com segurança a sua próxima TV.

TVs de Plasma: o melhor contraste

As TVs de Plasma já foram a principal escolha dos consumidores, mas hoje vêm perdendo espaço no mercado. Os principais pontos negativos delas são o consumo de energia, que é bem mais alto, e o peso, já que isso torna essas peças menos móveis dentro da sua casa.

O maior mérito das telas de Plasma é a qualidade no contraste de imagem. Isso acontece porque a formação da imagem se dá por meio de um processo químico. Os tons de preto realmente são pretos – e não uma luz apagada como acontece nas telas LCD ou LED – e por isso se tem a sensação de maior nitidez.

TVs de LCD: o melhor custo-benefício

Entre as três alternativas, as TVs com tela de LCD são as que apresentam a melhor relação custo-benefício. A formação da imagem ocorre por meio de cristais líquidos e lâmpadas fluorescentes traseiras. Uma grande vantagem é o fato de que essas telas são pouco reflexivas, o que as torna boas escolhas para uso em ambientes iluminados.

O consumo de energia também é significativamente menor do que o das TVs de Plasma. Porém, os usuários mais exigentes podem perceber algumas limitações, especialmente no que diz respeito ao ângulo de visão. Quando vistas lateralmente ou na diagonal, a sensação que se tem é a de uma distorção nas cores, ponto negativo para quem vê TV acompanhado de mais pessoas.

TVs de LED: as mais modernas

As TVs de LED hoje são a alternativa que mais cresce no mercado brasileiro. Elas podem ser consideradas a evolução das telas LCD. Na prática, elas também funcionam da mesma forma que uma tela LCD, mas por trás a tela é iluminada por lâmpadas LED, o que garante um brilho maior e um consumo ainda menor de energia.

Por conta dessas características, as TVs de LED podem ser também mais finas e mais leves. O contraste das telas de LED se aproxima muito do que é percebido nas telas de Plasma, de forma que isso contribuiu para que as TVs de Plasma começassem a sumir do mercado. Para TVs acima de 32 polegadas, as telas de LED são as opções mais recomendadas.

Philco

Deixe o seu comentário

Campos obrigatórios *

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades, dicas e ofertas Philco.